• Blenda Campos

Inovação corporativa: qual o papel do colaborador neste processo?

Atualizado: 8 de fev. de 2021

Mais do que nunca, o sucesso e também a longevidade de uma empresa está relacionada a sua capacidade de se reinventar e inovar. A busca contínua por novas soluções, otimização de processos e eficiência na geração de valores e experiências exige um investimento cada vez maior na inovação corporativa.


Mas se engana quem pensa que a inovação corporativa está restrita apenas a investimentos financeiros em novas tecnologias. Precisamos ter cada vez mais consciência de que é o fator humano o mais essencial neste processo de inovação, afinal de contas, sem o engajamento dos colaboradores, nenhum investimento financeiro tem retorno.


É importante destacarmos que o papel dos colaboradores na inovação corporativa permite que pequenas e médias empresas, que não tem tantos recursos, consigam se destacar e sobreviver em suas áreas de atuação. Isso é sinal de competitividade ao alcance de todos!


Se pararmos para analisar, inovar é muito mais do que apenas realizar algo em busca de resultados nunca antes vistos. Inovar também está relacionado a executar tarefas, muitas vezes simples e rotineiras, mas de forma diferente, trazendo maior produtividade, eficiência e, consequentemente redução de custos.


E é aí que está uma grande oportunidade e um excelente motivo para empresas de todos os portes investirem e incentivarem a inovação entre seus colaboradores: a possibilidade do corte de gastos e o aumento dos lucros.


A inovação corporativa é um campo vasto e cheio de possibilidades, justamente por isso deve ser estimulada em todos os níveis de uma empresa. É só parar e pensar: quem melhor conhece uma empresa do que os seus próprios funcionários?


E esse já é motivo suficiente para que as corporações incentivem e ofereçam oportunidades e recursos para que os colaboradores se sintam à vontade e capacitados para promoverem inovações em seus setores.


Muitas vezes, por sentirem ou perceberem que não possuem voz ativa na organização, alguns colaboradores acabam se desestimulando e deixam de dar contribuições extremamente valiosas em processos e soluções inovadoras. Por isso, a cultura da inovação deve ser parte essencial da cultura global da empresa.


Inovação corporativa: seu papel na cultura da empresa


Muitas empresas se autodenominam inovadoras, mas se você analisar na prática, nem sempre isso é verdade. Para que uma empresa seja realmente inovadora, essa cultura deve ser parte de sua política e realizações diárias.

Uma empresa com cultura inovadora vê nos seus colaboradores grandes aliados para otimizar processos e entregar resultados cada vez melhores para a organização e, além de estimulá-los, dão o suporte necessário para que se desenvolvam em sua totalidade.


É claro que o incentivo e o investimento financeiro em tecnologia são parte das organizações, mas não ter esse recurso não impede a empresa de ter a cultura da inovação inserida no seu dia a dia.


Estimular a inovação corporativa inclui a adoção de novas ferramentas, mas também de novos comportamentos e processos e isso, depende muito mais dos colaboradores do que aparelhos ou softwares de última geração.


E na sua empresa? A inovação corporativa faz parte da cultura ou está apenas na descrição do site? Deixe aqui seu comentário e aproveite para compartilhar de que forma você colabora com a inovação em sua empresa!

Referências:


http://www.innovationmanagement.se/2013/06/06/the-innovative-employee-traits-knowledge-and-company-culture/

https://www.plugandplaytechcenter.com/resources/6-corporate-innovation-models-modern-corporation/

https://meusucesso.com/artigos/gestao/inovacao-corporativa-ouca-os-seus-colaboradores-417

8 visualizações0 comentário